Kelly Slater e o seu próximo desafio: construir a maior onda artificial do mundo nos EUA

por Redação de Olho no Mar / 11/03/2020

Projeto do americano 11 vezes campeão mundial custa aproximadamente R$ 800 milhões e será inaugurado em 2022

Surfista 11 vezes campeão mundial, Kelly Slatter já traçou o seu próximo desafio: construir uma piscina capaz de gerar a maior onda artificial do mundo, que ficará no deserto de La Quinta, na Califórnia, nos Estados Unidos. De acordo com o americano, o projeto está orçado em cerca de R$ 800 milhões, começará a ser erguido no início de 2021 e estará pronto em 2022.

- Estou entusiasmado para criar uma nova onda que será um design diferente do que já foi visto até hoje. Este pode ser um novo modelo para novos parques de ondas de artificiais e está alinhado com algumas das minhas idéias originais de quando iniciamos este projeto. Mal posso esperar para começar - festejou Slater.

Gabriel Medina já venceu as duas etapas da WSL disputadas na piscina artificial criada por Slater — Foto: WSL

La Quinta, em Coral Mountain, Coachella Valley, na Califórnia, foi o local escolhido por Slater e seus parceiros comerciais para abrigar a piscina artificial. A previsão é a de que ocupe 1,6 quilômetros quadrados e vai integrar um complexo formado por um resort com 150 quartos, 600 casas residenciais e um clube particular. No total, serão gastos cerca de R$ 900 milhões.

- Optamos por fazer esse projeto porque nos permite desenvolver ainda mais nossa tecnologia, disse Slater.

Início foi em 2016

A experiência de Kelly Slater com a construção de piscinas artificiais começou em 2016, quando ele ergueu o Surf Ranch, em Lemoore, na Califórnia. Na ocasião, vários surfistas, dentre eles, o brasileiro Gabriel Medina, ajudaram na preparação do equipamento esportivo.

- Obrigado Kelly e toda equipe por me receberem no Surf Ranch, foi irado! Muito legal surfar uma ondas dos sonhos. Parece até de mentira hahaha até a próxima - escreveu Medina, nas redes sociais, ao ter o primeiro contato com a piscina artificial em 2016.

Fonte:GE/ Divulgação:De Olho No Mar