World Surf League faz parceria com a campanha Glowing Glowing Gone da crise nos recifes de corais

por Redação de Olho no Mar / 20/08/2019

A campanha “Glowing Glowing Gone” é uma iniciativa conjunta da The Ocean Agency com a ONU Environment e inclui algumas das maiores organizações de conservação do mundo.

Tahiti, Polinésia Francesa (agosto de 2019) – A World Surf League (WSL) anunciou sua colaboração com o “Glowing Glowing Gone”, uma campanha global que defende maior financiamento e mais ações visando a conservação de recifes de corais, destacando o perigo mundial sinalizado pelos corais fluorescentes. Com o compromisso da WSL para deixar os lugares de cada evento do Championship Tour (CT) melhores do que antes dos campeonatos, esta campanha está focada em aumentar a conscientização sobre a crise enfrentada pelos recifes de corais, enquanto já tomava medidas na Polinésia Francesa, apoiando projetos locais para restaurar esses habitats.

A colaboração inclui um “takeover” completo do Tahiti Pro apresentado pela Hurley, para incorporar as cores exatas dos corais fluorescentes em toda a programação visual do evento. A gama personalizada de cores do coral “brilhante” foi criada pelos parceiros da campanha, Adobe e Pantone, a partir de imagens tiradas pela Agência dos Oceanos na Nova Caledônia. As três cores – Amarelo, Azul e Roxo florescentes – serão utilizadas inclusive nas lycras de competição, que, pela primeira vez, não terão as cores padrão de todas as etapas do World Surf League Championship Tour.

Cartaz do Tahiti Pro com as cores fluorescentes dos corais

A campanha “Glowing Glowing Gone” é uma iniciativa conjunta da The Ocean Agency com a ONU Environment e inclui algumas das maiores organizações de conservação do mundo. A campanha é apoiada pelos patrocinadores do Tahiti Pro,  Hurley, Jeep e Corona. Em 2016, uma equipe da Ocean Agency fotografou uma das vistas mais espetaculares e raras da natureza, durante as filmagens do documentário Original da Netflix, ‘Chasing Coral’.

Um recife de coral situado na Nova Caledônia estava “brilhando” em cores vivas incrivelmente raras, devido a uma onda de calor subaquática. Os corais estavam produzindo substâncias químicas de cores vivas que atuam como filtro solar, em uma tentativa desesperada de sobreviver às altas temperaturas da água. Esse fenômeno de coral brilhante, chamado fluorescente, é um dos indicadores mais visíveis da crise climática e da ameaça existencial a ecossistemas inteiros, como os recifes de corais. No entanto, até agora, passou amplamente despercebido.

A WSL e a WSL PURE estão comprometidas com a ação para enfrentar a crise climática e seus efeitos sobre o habitat costeiro, como os recifes de corais da Polinésia Francesa. Esses recifes estão sob pressão de muitas causas relacionadas ao homem, principalmente o aquecimento dos oceanos e a acidificação relacionada à mudança climática. Além da compensação da pegada de carbono de todo o evento no Taiti, incluindo viagens aéreas, a WSL está apoiando a Coral Gardeners, uma organização sem fins lucrativos liderada por jovens, que está ativamente restaurando os recifes de corais na região.

“Estamos empolgados em aumentar a conscientização sobre a difícil situação dos recifes de coral ao redor do mundo, bem como apoiar o impacto real na Polinésia Francesa”, disse Sophie Goldschmidt, CEO da WSL. “A campanha Glowing Glowing Gone chama a atenção para a causa e soluções globais, enquanto o Coral Gardeners está fazendo uma diferença positiva na restauração dos recifes próximos. A WSL tem orgulho em fazer parceria com ambas as organizações”.

“O futuro dos recifes de corais do mundo está na balança, ameaçando tanto a vida marinha, quanto centenas de milhões de pessoas que dependem deles para alimentos, subsistência e proteção costeira”, diz Gabriel Grimsditch, especialista em recifes de corais da ONU. “Ao apoiar a campanha Glowing, a World Surf League está liderando o caminho para ajudar a alertar a atenção global para a crise enfrentada pelos corais”.

“Estamos entusiasmados com o compromisso da World Surf League, em tornar seus eventos neutros em carbono e livres de plásticos descartáveis, além do seu apoio à campanha Glowing”, disse Richard Vevers, fundador e CEO da Ocean Agency. “A WSL tem alcance e influência para aumentar a conscientização e os fundos para a restauração de recifes de coral, causando um impacto positivo tangível através de eventos, atletas e conteúdo. O apoio da WSL à campanha Glowing certamente nos ajudará a alcançar a missão de ser a primeira geração preocupada em salvar ecossistemas”.

Para saber mais sobre como você pode tomar medidas para apoiar as iniciativas Glowing Glowing Gone e a saúde do oceano, visite o site WSLPURE.org no link https://www.worldsurfleague.com/pure

O Tahiti Pro apresentado pela Hurley é a sétima das onze etapas do World Surf League Championship Tour e começa no dia 21 de agosto, com prazo até 1º de setembro para ser encerrado na Polinésia Francesa. O evento será transmitido ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo da WSL. Além disso, verifique as programações locais dos parceiros de transmissão da WSL.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Os recifes de corais em todo o mundo são extremamente vulneráveis ao aquecimento dos oceanos, mudanças climáticas, acidificação dos oceanos e precisam ser protegidos de estresses antropogênicos adicionais, como poluição, pesca excessiva e desenvolvimento costeiro descontrolado, para dar a eles maiores chances de sobrevivência. Com 93% do calor da mudança climática absorvido pelo oceano, os recifes de corais estão na linha de frente da crise climática. Nos últimos 30 anos, perdemos mais da metade do coral vivo no mundo e a perspectiva está piorando. Os corais são uma espécie de fundação, portanto, quando morrem, todo o ecossistema pode entrar em colapso – um ecossistema que sustenta 1 bilhão de pessoas, 1 milhão de espécies, um quarto de toda a vida oceânica e tem um valor estimado de 375 bilhões de dólares por ano.

De acordo com o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), os cientistas preveem que agora, só podemos economizar de 10 a 30% dos recifes de corais remanescentes (os menos vulneráveis à crise climática), devido ao calor já existente no sistema. Para salvar os recifes de corais, é necessário que haja ações e investimentos direcionados urgentes, protegendo-os de outras questões, como poluição e pesca excessiva – especialmente os recifes menos vulneráveis à crise climática que têm a melhor chance de sobreviver.

Há uma crescente conscientização de que quando os corais são submetidos a ondas de calor prolongadas causadas pela crise climática, muitas vezes ficam brancos e morrem (um processo conhecido como branqueamento). A fluorescência de corais, quando os corais “brilham” em cores vivas durante o processo de branqueamento não é comum, sendo muito menos conhecida e compreendida.

O aquecimento do oceano é hoje o maior problema ambiental enfrentado pelos recifes de corais. O oceano é tão complexo e frágil quanto o corpo humano, e apenas um pequeno aumento na temperatura leva ao desligamento dos sistemas vitais. Corais brilhantes são os indicadores do desligamento do sistema – é o último aviso do oceano.

Sobre a WSL PURE

PURE é a ONG sem fins lucrativos da WSL que significa Protecting, Understanding, and Respecting the Environment. Fundada em 2016, a WSL PURE tem a missão de inspirar, educar e fortalecer a proteção dos oceanos, começando pela comunidade global do surfe. A WSL PURE está focada especificamente na crise climática, poluição de plástico e a ruína costeira. O PURE aproveita a incrível plataforma da WSL para esclarecer as pessoas que fazem a diferença – ambientalistas, atletas, organizações de defesa de direitos, comunidades, indivíduos – e colabora com patrocinadores do circuito mundial e organizações sem fins lucrativos.

Sobre a Ocean Agency

A Ocean Agency é uma organização sem fins lucrativos não convencional, que usa a combinação de criatividade, tecnologia e parcerias poderosas, para acelerar a ciência dos oceanos e a ação de conservação. O trabalho da Ocean Agency incluiu o Google Street View debaixo d’água, desenvolvendo a pesquisa visual mais abrangente dos recifes de corais já realizada, revelando a crise dos recifes de coral no Netflix Original Documentary, ‘Chasing Coral’, vencedor do Emmy, além de desenvolver um plano global para direcionar a ação de conservação dos recifes de corais, chamada de 50 recifes. www.theoceanagency.org

Sobre a UN Environment

A UN Environment é a voz global líder no ambiente. Ela fornece liderança e incentiva a parceria no cuidado com o meio ambiente, inspirando, informando e permitindo que nações e povos melhorem sua qualidade de vida sem comprometer a das gerações futuras. A UN Environment trabalha com governos, com o setor privado, com a sociedade civil, além de outras entidades da ONU e organizações internacionais em todo o mundo. Visite www.unenvironment.org e twitter @unenvironment

###

——————————————————————

Versão do texto inglês da WSL de Gabriel Gontijo

João Carvalho – WSL Latin America Media Manager

(48) 999-882-986 – jcarvalho@worldsurfleague.com