Dono de 5 títulos no Hang Loose Surf Attack com apenas 13 anos de idade,Ryan Kainalo é o destaque

por Redação de Olho no Mar / 27/06/2019

SURFISTA DE UBATUBA TERÁ “MARATONA” DE BATERIAS, COMPETINDO EM 3 CATEGORIAS NA ETAPA QUE COMEÇA SEXTA-FEIRA E SEGUE ATÉ DOMINGO

Com apenas 13 anos de idade, Ryan Kainalo já é um dos maiores vencedores na história do Hang Loose Surf Attack, o mais tradicional circuito de base do País, que há 31 anos vem definindo os campeões paulistas da nova geração. Em 2019, ele aparece como o grande destaque e competirá em três categorias, incluindo a júnior (sub18), duas acima da sua, tendo como prioridade a iniciante (sub14), onde ainda não ergueu a taça.

Até hoje, Ryan foi imbatível nas faixas etárias que passou. Foi bicampeão petit (sub10), depois ficou com dois títulos na estreante (sub12) e também já levou uma faixa etária acima, a mirim (sub16), numa campanha muito forte no ano passado, ficando ainda em quarto lugar na iniciante. “Vou disputar as três categorias, mas se tiver de priorizar uma, vou escolher a sub14, porque é o meu primeiro ano e gostaria muito de ter esse título”, avisa. “Mas, com certeza, vou batalhar em todas”, reforça o jovem talento, sem demonstrar arrogância.

O surfista que nasceu em São Paulo e se mudou para Ubatuba para se dedicar mais ao surf sabe da importância de competir e ganhar títulos no Hang Loose Surf Attack, por toda a história que representa nas três últimas décadas, com a revelação e formação de grandes ícones brasileiros, como Gabriel Medina, Adriano de Souza e Filipe Toledo. “É muito bom saber que estou competindo e, às vezes ganhando, o mesmo campeonato que esses caras que hoje em dia são considerados ídolos no surf e estão no CT. É legal saber isso e é uma motivação para quando estiver lá na frente, que estou fazendo o mesmo caminho”, comenta.

Nos campeonatos, Ryan tem todo o suporte técnico da equipe de Ubatuba e, em especial, de seu pai, Alex Miranda, hoje competidor master e que conhece o “caminho das pedras” na orientação e apoio, seja durante as disputas ou nos treinos. Seja como pai ou como técnico. “Ele sempre está junto. Às vezes a relação é atleta e técnico, outras de pai e filho. Depende muito da situação, mas é bem tranquilo. Ele me dá conselhos e eu faço o que é melhor”, ressalta.

Os dois também estão sempre juntos em viagens mundo afora, como Havaí, Califórnia, Indonésia, aliás o próximo destino do competidor, no final de julho. “Vou para Macarronis, para treinar esquerda, para poder fazer um bom ano”, conta o jovem atleta, que já vem se aventurando em etapas profissionais, inclusive no QS, como o Hang Loose Pro Contest, em Fernando de Noronha, este ano.

“Estou participando para pegar experiência, para quando for competir já ter uma vivência a mais que os adversários. Gosto de competir contra atletas bons”, afirma Ryan Kainalo, que também elogia a praia sede da primeira etapa do Hang Loose Surf Attack. “Gosto muito de competir em Maresias. Foi onde consegui ganhar alguns campeonatos importantes e ter um dos melhores títulos da minha carreira até agora, o sub16”, lembra.

A etapa inicial do Hang Loose Surf Attack contará com 230 atletas de várias cidades do litoral paulista e também da capital, bem como representantes de outros estados, como Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro, Bahia e Ceará. Em ação seis categorias, incluindo a feminina sub16. Todas as disputas terão transmissão ao vivo pela internet, no site da Federação, o www.fpsurf.com.br. Junto com o surf, o evento realiza várias ações para os jovens talentos, com jogos, gincanas, brincadeiras e sorteios.

O Hang Loose Surf Attack 2019 tem os patrocínios de Sthill, Super Tubes, Surf Trip, Kyw, Overboard Action Sports Store, Hot Water, Rhyno Foam e CT Wax. Apoios da Prefeitura de São Sebastião, Associação de Surf de São Sebastião (ASSS), Associação de Surf de Maresias (ASM), Governo do Estado de São Paulo/Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, com divulgação de Waves e FMA Notícias. Organização da Federação Paulista de Surf.

 FOTOS DIVULGAÇÃO. CRÉDITO: MUNIR EL HAGE///TEXTO: FÁBIO MARADEI