Instituto Gabriel Medina recebe projeto Onda Azul com surf para autistas

por Redação de Olho no Mar / 06/04/2018

O Onda Azul foi criado em 2015, em Florianópolis/SC. No ano seguinte, passou a ser desenvolvido em Imbituba/SC e em 2017, em São Sebastião, com apoio da Prefeitura, do Instituto Gabriel Medina e do Instituto Esporte Educação. “Criamos o Instituto para transformar o surf e nada melhor do que esse exemplo de transformação.

Como ocorreu em 2017, o Instituto Gabriel Medina (IGM) volta a abrir as suas portas para o exemplar projeto Onda Azul, que trabalha o surf para autistas e tem como objetivo desenvolver uma nova forma de terapia, inclusão e diversão para pessoas que têm autismo, envolvendo suas famílias. A nova ação será realizada neste sábado (7) com experiência no surf, apoiada pelos profissionais do IGM.

O Onda Azul foi criado em 2015, em Florianópolis/SC. No ano seguinte, passou a ser desenvolvido em Imbituba/SC e em 2017, em São Sebastião, com apoio da Prefeitura, do Instituto Gabriel Medina e do Instituto Esporte Educação. “Criamos o Instituto para transformar o surf e nada melhor do que esse exemplo de transformação. Não  tínhamos como não apoiar essa iniciativa sensacional. Será mais um momento especial de ter contato com o mar, com as pranchas. Todos ficam felizes e nós aprendemos muito com eles”, afirma a presidente do IGM, Simone Medina.

Este ano, o Onda Azul passa a ser um projeto em parceria com a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e do Idoso de São Sebastião (Sepedi) e acontece de maneira itinerante. É oferecido exclusivamente para pessoas com autismo, independente da idade. “É exclusivamente oferecido para autistas porque sua metodologia foi pensada para atender às dificuldades de interação social, comunicação e disfunção sensorial; características marcantes nos casos de Autismo”, destaca a psicopedagoga e uma das idealizadoras do Onda Azul, Sandra Lamb.

Neste sábado, as atividades têm início às 9 horas e, para participar, é preciso se inscrever na Sepedi ou pelo e-mail ondaazulsaosebastiao@gmail.com. “Lembrando que vagas limitadas e só podem participar os inscritos, com documentação entregue assinada pelos responsáveis”, alerta Sandra.

Localizado na praia de Maresias, em São Sebastião, exatamente onde Gabriel Medina aprendeu a surfar quando criança, o IGM foi inaugurado no dia 31 de janeiro de 2017 e logo no dia seguinte, os atletas convidados já estavam na sede do projeto, iniciando os treinos. O projeto é o sonho realizado do primeiro brasileiro campeão mundial de surf, que oferece para jovens talentos do surf a mesma estrutura de preparação física e técnica do ídolo do surf, acrescentada de aulas de inglês, em parceria com a Wizard, e tecnologia, com a Microsoft. Os atletas treinam no contra turno da escola e também ganham uniformes, alimentação, apoio nos campeonatos e atendimento médico (inclusive fisioterápico) e odontológico.