Peruano Miguel Tudela se classifica para o Billabong Pipe Masters apresentado pela Hydro Flask no Ha

por Redação de Olho no Mar / 09/12/2020

Miguel Tudela fez história, vai ser o primeiro surfista do Peru a vestir a lycra de competição do World Surf League Championship Tour.

As finais femininas do Maui Pro apresentado pela Roxy foram adiadas na terça-feira, mas na ilha de Oahu teve show nos tubos de Pipeline e Miguel Tudela fez história no Havaí. Ele vai ser o primeiro surfista do Peru a vestir a lycra de competição do World Surf League Championship Tour. Miguel foi o único sul-americano entre os 32 convidados para disputar o Pipe Invitational e ganhou uma das duas vagas disputadas para participar da histórica 50.a edição do Billabong Pipe Masters apresentado pela Hydro Flask.  A primeira chamada para a estreia dos melhores surfistas do mundo na quarta-feira é às 7h00 no Havaí, 14h00 no fuso de Brasília.

O peruano e o havaiano Joshua Moniz, vão completar as baterias dos três brasileiros que já conquistaram o título mundial e venceram o evento realizado em homenagem a Andy Irons na ilha de Oahu. O vencedor do Pipe Invitational, Joshua Moniz, foi para a do Gabriel Medina e do Adriano de Souza. Já Miguel Tudela, vai encarar o atual campeão, Italo Ferreira, que defende o título conquistado na final brasileira do ano passado com Gabriel Medina em Pipeline.

Miguel Tudela superou oito havaianos para conseguir este feito inédito para o Peru, dois deles na grande final do Pipe Invitational. Na bateria que fechou a terça-feira de ondas desafiadoras no maior palco do esporte, Joshua surfou dois tubaços que valeram 9,60. Miguel já havia conseguido essa maior nota do evento na segunda bateria que disputou em Pipeline. Na decisão, a maior nota do peruano foi 7,27, que somou com 5,83 para superar Eala Stewart por 13,10 a 12,50 pontos, com Ian Gentil ficando em último com 6,10 apenas.

“Eu nem imaginava em estar aqui competindo, até receber um telefonema da Billabong me convidando semanas atrás”, contou Miguel Tudela. “Foi incrível poder surfar essas ondas só com três caras dentro d´água e estou muito feliz por ter conseguido uma vaga para o Pipe Masters”.

Miguel Tudela (Foto: Brent Bielmann / WSL via Getty Images)

Pipe Invitational começou as 8h00 com 32 surfistas divididos em oito baterias. Entre eles, um único representante da América do Sul, Miguel Tudela. O peruano venceu a primeira, mas foi na segunda que mostrou muita técnica e coragem num tubo incrível. Entrou na onda com um drop atrasado e sumiu lá dentro, ficando bem profundo para ganhar a maior nota do dia. Um dos cinco juízes chegou a dar 10, mas a média ficou em 9,60. Foi a única onda boa que surfou, mas passou em segundo para as semifinais com 11,63 pontos.

O vencedor foi Ian Gentil por 14,63, com outros dois havaianos sendo eliminados. Eles passaram juntos de novo para a grande final numa hora difícil do mar, com poucos tubos bons entrando para os quatro competidores. Ian ganhou outra vez, somando apenas 8,60 pontos, contra 7,97 do peruano. Mas, Miguel Tudela conseguiu supera-lo na hora certa, na batalha final pelas duas vagas para o Billabong Pipe Masters apresentado pela Hydro Flask.

O mar continuava bombando altas ondas e Ian Gentil sofreu uma queda terrível logo no início, terminando em último lugar. Ao contrário, Joshua Moniz começou muito bem, pegando uma morra e saindo do tubo com nota 9,60. Miguel Tudela surfou um mais rápido que valeu 5,83, mas o seguinte foi melhor para ganhar 7,27. Joshua garante a vitória em mais um tubo espetacular de backside, que recebeu outra nota 9,60. Eala Stewart entrou na briga com uma nota 7,83, mas Tudela ficou com a segunda vaga por 13,10 a 12,50 pontos.

Joshua Moniz (Foto: Tony Heff / WSL via Getty Images)

“Esta foi, provavelmente, a melhor bateria que eu fiz e é uma sensação incrível poder surfar em Pipe, minha onda favorita no mundo”, disse Joshua Moniz. “Eu cresci surfando aqui com a maioria destes caras e sei como eles são bons. Eu realmente fiquei muito nervoso, mas estou feliz que deu tudo certo”.

Agora, serão dois integrantes da tradicional família Moniz do Havaí, participando da histórica 50.a edição do Pipe Masters na ilha de Oahu. O irmão de Joshua, Seth Moniz, faz parte da elite dos top-34 do World Surf League Championship Tour e já estava escalado na 11.a bateria, com o australiano Ryan Callinan e o paulista Alex Ribeiro, um dos onze brasileiros que são maioria entre os concorrentes ao título mundial de 2021. Alex será o último deles a se apresentar na rodada inicial, que classifica os dois primeiros colocadas nas baterias para a terceira fase, mas os últimos colocados têm uma segunda chance de classificação.

Billabong Pipe Masters apresentado pela Hydro Flask será transmitido ao vivo pelo WorldSurfLeague.com, no aplicativo grátis da WSL e pelo canal de esportes ESPN no Brasil. O prazo da etapa de abertura do World Surf League Championship Tour 2021 começou na terça-feira e vai até o dia 20 de dezembro no Havaí. A primeira chamada da quarta-feira será as 7h00 em Pipeline, 14h00 no fuso de Brasília.

PRIMEIRA FASE DO BILLABONG PIPE MASTERS:
——1.o e 2.o=Terceira Fase / 3.o=Segunda Fase ou Repescagem
1.a: Kanoa Igarashi (JPN), Peterson Crisanto (BRA), Morgan Cibilic (AUS)
2.a: Kolohe Andino (EUA), Yago Dora (BRA), Mikey Wright (AUS)
3.a: Filipe Toledo (BRA), Frederico Morais (PRT), Leonardo Fioravanti (ITA)
4.a: Jordy Smith (AFR), Jadson André (BRA), Sebastian Zietz (HAV)
5.a: Gabriel Medina (BRA), Adriano de Souza (BRA), Joshua Moniz (HAV)
6.a: Italo Ferreira (BRA), Matthew McGillivray (AFR), Miguel Tudela (PER)
7.a: John John Florence (HAV), Conner Coffin (EUA), Deivid Silva (BRA)
8.a: Kelly Slater (EUA), Wade Carmichael (AUS), Connor O´Leary (AUS)
9.a: Jeremy Flores (FRA), Caio Ibelli (BRA), Ethan Ewing (AUS)
10: Julian Wilson (AUS), Griffin Colapinto (EUA), Miguel Pupo (BRA)
11: Seth Moniz (HAV), Ryan Callinan (AUS), Alex Ribeiro (BRA)
12: Michel Bourez (TAH), Jack Freestone (AUS), Jack Robinson (AUS)

FINAL DO PIPE INVITATIONAL – 1.o e 2.o=Billabong Pipe Masters
1.o- Joshua Moniz (HAV) – 19,20 pontos com notas 9,60 e 9,60
2.o- Miguel Tudela (PER) – 13,10 pontos com notas 7,27 e 5,83
3.o- Eala Stewart (HAV) – 12,50 pontos com notas 7,83 e 4,67
4.o- Ian Gentil (HAV) – 6,10 pontos com notas 4,83 e 1,27

SEMIFINAIS – 1.o e 2.o=Final / 3.o-5.o lugar e 4.o=7.o lugar:
1.a: 1-Ian Gentil (HAV)=8.60, 2-Miguel Tudela (PER)=7.97, 3-Noah Beschen (HAV)=5.87, 4-Finn McGill (HAV)=4.27
2.a: 1-Eala Stewart (HAV)=12.63, 2-Joshua Moniz (HAV)=9.54, 3-Ivan Florence (HAV)=7.76, 4-Eli Hanneman (HAV)=1.13

QUARTAS DE FINAL – 1.o e 2.o=Semifinais / 3.o-9.o lugar e 4.o=13.o lugar:
1.a: 1-Ian Gentil (HAV)=14.63, 2-Miguel Tudela (PER)=11.63, 3-Barron Mamiya (HAV)=10.93, 4-Imaikalani Devault (HAV)=1.34
2.a: 1-Finn McGill (HAV)=12.73, 2-Noah Beschen (HAV)=7.33, 3-Robert Grilho (HAV)=5.67, 4-Sheldon Paishon (HAV)=3.57
3.a: 1-Ivan Florence (HAV)=11.76, 2-Eli Hanneman (HAV)=11.17, 3-Anthony Walsh (HAV)=5.67, 4-Keanu Asing (HAV)=4.34
4.a: 1-Joshua Moniz (HAV)=14.84, 2-Eala Stewart (HAV)=11.33, 3-Ezekiel Lau (HAV)=9.17, 4-Mason Ho (HAV)=5.90

PRIMEIRA FASE – 1.o e 2.o=Quartas de Final / 3.o-17.o lugar e 4.o=25.o lugar:
1.a: 1-Barron Mamiya (HAV)-7,00, 2-Noah Beschen (HAV)-6.44, 3-Kia Martin (HAV)-3.87, 4-Brodi Sale (HAV)-3.27
2.a: 1-Miguel Tudela (PER)=6.67, 2-Sheldon Paishon (HAV)=7.20, 3-Ocean Macedo (HAV)=6.63, 4-Eithan Osborne (EUA)=2.97
3.a: 1-Finn McGill (HAV)=7.63, 2-Ian Gentil (HAV)=6.93, 3-Shayden Pacarro (HAV)=2.87, 4-Kalani Ribero (HAV)=2.53
4.a: 1-Robert Grilhola (HAV)=7.67, 2-Imaikalani Devault (HAV)=5.73, 3-Jackson Bunch (HAV)=4.53, 4-Tanner Hendrickson (HAV)=4.40
5.a: 1-Eli Hanneman (HAV)=8.57, 2-Eala Stewart (HAV)=7.60, 3-Jamie O´Brien (HAV)=7.23, 4-Makai McNamara (HAV)=1.17
6.a: 1-Anthony Walsh (HAV)=12.00, Mason Ho (HAV)=10.60, 3-Billy Kemper (HAV)=5.83, 4-Cody Young (HAV)=3.23
7.a: 1-Joshua Moniz (HAV)=11.33, 2-Keanu Asing (HAV)=7.77, 3-Nathan Florence (HAV)=5.60, 4-Logan Bediamol (HAV)=2.60
8.a: 1-Ezekiel Lau (HAV)=18.20, 2-Ivan Florence (HAV)=16.00, 3-Jett Schilling (EUA)=10.54, 4-Koa Smith (HAV)=8.53

———————————————————–

João Carvalho – jcarvalho@worldsurfleague.com

WSL Latin America Media Manager

Felipe Marcondes – fmarcondes@worldsurfleague.com

WSL Latin America Senior Manager, Content & Marketing